Ministro diz que Irã aprova mudança de postura dos EUA

Apesar dos elogios a Obama, chefe da diplomacia destaca que Teerã espera que discursos virem 'realidade'

Efe,

19 de maio de 2009 | 19h27

O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, afirmou nesta terça-feira, 19, novamente que seu país receberá bem as mudanças na postura dos Estados Unidos em relação ao Irã promovidas pelo atual governo americano. Em entrevista coletiva concedida em Teerã junto a seu colega iraquiano, Hoshyar Zebari, o chefe da diplomacia iraniana insistiu, no entanto, que seu país está à espera de que os discursos se transformem em realidade.

 

Veja também:

linkLíder supremo do Irã acusa EUA de promover o terrorismo

 

"Recebemos com satisfação as mudanças na linguagem do novo governo dos EUA e esperamos ver mudanças práticas na conduta do presidente americano, Barack Obama, as quais também receberemos com satisfação", afirmou o iraniano. Neste sentido, Mottaki quis lembrar que o Irã "sempre atuou de acordo com as posturas dos diferentes governos americanos" e que, por isso, caso observe uma mudança prática, responderá no mesmo tom.

 

"Desde que Obama chegou ao poder, vemos mudanças frente aos governos anteriores, mas suas palavras devem se tornar realidade", acrescentou o ministro. EUA e Irã romperam seus laços diplomáticos em abril de 1980, por ocasião do triunfo da Revolução Islâmica que desalojou do poder o último xá da Pérsia, o pró-ocidental Mohamad Reza Pahlevi.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.