Ministros árabes vão se reunir para discutir sobre Síria

Os ministros das Relações Exteriores árabes vão se reunir para discutir sobre uma resposta à aceitação condicional da Síria de um plano de paz árabe que visa por um fim à repressão contra os manifestantes pró-democracia, informou a agência de notícias MENA do Egito, citando um diplomata árabe.

REUTERS

11 de dezembro de 2011 | 17h14

A agência disse anteriormente que os ministros se reuniriam no fim da semana, mas não disse em que dia.

A Síria enfrenta sanções das nações árabes em resposta a sua violenta repressão aos protestos contra o presidente Bashar al-Assad.

A Liga Árabe prolongou várias vezes os prazos para que a Síria concordasse com um plano que teria monitores árabes fiscalizando a retirada das suas tropas das cidades. O último prazo expirou em 4 de dezembro.

A MENA disse que um pequeno grupo de ministros se reuniria primeiro no sábado, e depois um encontro maior de ministros dos 22 países da Liga, liderado pelo Catar, aconteceria no mesmo dia. A Síria foi suspensa da Liga.

O ministro das Relações Exteriores sírio Walid al-Moualem escreveu para a Liga dizendo que Damasco estava pronto para assinar um acordo que iria permitir que monitores da Liga entrassem na Síria, sob certas condições.

(Reportagem de Dina Zayed e Edmund Blair)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDSIRIAMINISTROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.