Monitores árabes deixam Egito rumo à Síria, diz fonte

O primeiro grupo de monitores árabes deixou o Cairo rumo à Síria nesta segunda-feira para avaliar se Damasco está cumprindo um plano para encerrar a repressão de nove meses contra manifestantes contrários ao governo do presidente Bashar al-Assad, disse uma fonte de segurança aeroportuária.

REUTERS

26 de dezembro de 2011 | 16h02

"Eles são em 60 no total. Cinquenta são monitores e 10 são do secretariado da Liga Árabe", disse a fonte, que acrescentou que eles estavam em um avião particular egípcio.

A missão de observação deverá incluir 150 pessoas, disse à Reuters o secretário-geral da Liga, Nabil Elaraby.

O chefe da missão de observação, o general sudanês Mustafa al-Dabi, desembarcou em Damasco no sábado. Ele chegou à Síria pouco depois de um grupo de autoridades da Liga Árabe ter visitado o país para acertar os termos e logística para a missão.

(Reportagem de Marwa Awad)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAMONITORESEGITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.