Mulher-bomba mata ao menos 15 no Iraque

Pelo menos 15 pessoas morreram e outras15 ficaram feridas quando uma mulher explodiu-se entrepoliciais no norte de Bagdá neste domingo, disseram fontes dapolícia e de hospitais. O ataque aconteceu em Baquba, capital da provínciamultiétnica de Diyala, onde os sunitas da al Qaeda causamtensão apesar de uma sucessão de ataques militares quediminuíram as ações do grupo. Fontes policiais e hospitalares disseram que ao menos 15morreram no ataque. Um câmera da Reuters afirmou que contou 12corpos sendo levados a hospitais. A polícia informou que uma mulher caminhou perto de umgrupo de policiais que comia num restaurante ao ar livre edetonou os explosivos. Vários carros foram atingidos.Ataques com mulher-bomba têm acontecido nos últimos seis meses,principalmente em Diyala. (Reportagem de Dean Yates)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.