Naufrágio deixa dezenas de desaparecidos na costa do Líbano

Dezenas de pessoas estavam desaparecidas nesta quinta-feira depois que um navio que transportava animais naufragou no Mar Mediterrâneo, na costa do Líbano, em meio a uma tempestade, disseram fontes da Marinha libanesa.

REUTERS

17 de dezembro de 2009 | 23h38

As fontes afirmaram que três embarcações das forças de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) --uma italiana e duas alemãs--, botes de resgate do Exército libanês e forças britânicas no Chipre estavam na área tentando salvar a tripulação do navio Danny II de bandeira panamenha.

O navio naufragou a 17 quilômetros do porto libanês de Trípoli. Pelo menos 19 pessoas foram resgatadas e outras 64 eram procuradas.

O navio transportava 43 mil ovelhas do Uruguai para Tartous, na Síria. A tripulação era composta na maioria por filipinos e paquistaneses.

As grandes ondas e o vento forte na região dificultavam os trabalhos de resgate. Os agentes disseram que as pessoas não poderiam sobreviver mais que um máximo de 10 horas na água sob essas condições climáticas atuais.

(Reportagem de Nadim Ladki)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBANONAUFRAGIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.