Número de mortos por desabamento no Irã sobe para 11

O número de mortos no colapso de umprédio em Teerã subiu para 11, informou a agência de notíciasiraniana ISNA na terça-feira, um dia depois do departamento debombeiros da capital anunciar a retirada de três corpos dosescombros. Três pessoas envolvidas na construção do prédio residencialde sete andares, que desabou na manhã de segunda-feira, forampresas, segundo o jornal Resalat. Autoridades não estavam imediatamente disponíveis paracomentar as informações. O procurador-geral de Teerã, Saeed Mortazavi, disse nasegunda-feira que cerca de 20 operários estavam no prédioquando ele desabou, o que sugere que o número de mortos deveaumentar. Ele disse que os proprietários do edifício receberam ordenspara demolir o prédio quando ele começou a entrar em colaposohá um mês e que os operários tentavam salvar estruturas dejanelas e equipamentos. Uma testemunha da Reuters disse que o prédio desabou etransformou-se em uma montanha de escombros. Equipes de resgatevasculhavam os destroços enquanto cães farejadores procuravampor vítimas ou sobreviventes. Teerã, cidade de 12 milhões de habitantes, tem vivido umboom na construção nos últimos anos, com construtoras correndopara atender a demanda do quarto maior produtor mundial depetróleo. (Reportagem de Parisa Hafezi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.