Obama diz a israelenses que atividade de assentamentos prejudica paz

Em um discurso para estudantes israelenses, o presidente dos EUA, Barack Obama, disse nesta quinta-feira que a contínua atividade de assentamentos é "contraproducente" para a paz, acrescentando que os palestinos têm o direito de autodeterminação.

Reuters

21 de março de 2013 | 13h07

Mas Obama também insistiu que este é o momento certo para o mundo árabe começar a normalizar as relações com o Estado judeu.

"Os israelenses devem reconhecer que a contínua atividade de assentamentos é contraproducente para a causa da paz, e que uma Palestina independente deve ser viável, que fronteiras reais deverão ser delineadas", afirmou Obama, em um discurso transmitido pela televisão.

Obama, que tem aliado seu esforço por uma abordagem israelense mais conciliadora frente aos palestinos com uma reafirmação de seu compromisso com a segurança de Israel, também prometeu que o governo norte-americano vai "fazer o que for necessário para impedir que o Irã obtenha armas nucleares".

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDOBAMADISCURSOPAZASSENTAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.