Obama e Cameron pedem fim das hostilidades em Gaza, diz Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, pediram neste sábado o fim imediato das hostilidades em Gaza e pressionaram por ações que levem a um cessar-fogo permanente.

REUTERS

09 de agosto de 2014 | 18h01

"Sobre Gaza, repudiaram a retomada dos disparos de foguetes e pediram a suspensão imediata das hostilidades para que se chegue a um cessar-fogo duradouro", informou a Casa Branca em um comunicado sobre o telefonema dos dois líderes, durante o qual também discutiram o Iraque e a Ucrânia.

"O presidente Obama e o primeiro-ministro Cameron reiteraram seu apoio ao direito de autodefesa de Israel, e também enfatizaram a necessidade de todos os lados minimizarem as baixas civis".

(Por Jeff Mason)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEOBAMACAMERON*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.