Obama telefona a Abbas para se comprometer com criação de Estado palestino

Segundo porta-voz, presidente americano prometeu empenhar todos os seus esforços na tarefa

estadão.com.br,

09 de julho de 2010 | 17h34

RAMALA - O presidente Barack Obama disse nesta sexta-feira, 9, durante uma conversa telefônica com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, que tem um sério compromisso com a criação de um Estado palestino, informou o porta-voz de Abbas, Nabil Abu Rudeina, à agência de notícias AFP.

 

"o presidente Abbas recebeu uma chamada telefônica do presidente Obama sobre os últimos acontecimentos políticos, em particular a reunião de Obama com (o primeiro-ministro israelense, Benjamin) Netanyahu na terça em Washingon", acrescentou a fonte.

 

"Obama prometeu a Abbas que colocaria todos os seus esforços para a instalação de um Estado palestino independente que viva em segurança, paz e estabilidade ao lado de Israel", disse Rudeina.

 

Abbas, por sua vez, disse ao presidente americano que deseja "um processo de paz sério, contínuo, que leve ao fim da ocupação israelense dos territórios palestinos ocupados desde 1967 e a instauração de um Estado palestino independente", segundo seu porta-voz.

 

As negociações indiretas entre Israel e palestinos foram retomadas neste ano graças aos esforços de George Mitchell, enviado especial dos EUA para o Oriente Médio. As conversas indiretas estavam paralisadas há mais de um ano devido à ofensiva de Israel contra Gaza no início de 2009. A criação de um Estado palestino, a situação dos refugiados, a expansão dos assentamentos judaicos e o status de Jerusalém são alguns dos pontos-chave nas discussões de paz da região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.