Ofensiva dos EUA e Iraque mata 33 insurgentes em Diyala

Objetivo da missão era abrir o canal que controla a passagem de água para a cidade de Khalis

Efe,

28 de agosto de 2007 | 06h33

Uma ofensiva conjunta das forças americanas e iraquianas por terra e ar matou 33 supostos insurgentes na cidade de Gobia, na província de Diyala, na segunda-feira. informou nesta o comando militar dos Estados Unidos em comunicado. Segundo comunicado do comando militar dos EUA, o ataque, que aconteceu antes do amanhecer, contou com "centenas de soldados das forças da coalizão multinacional e iraquianos. Os soldados sufocaram os ataques do armamento inimigo, resultando num total de 13 insurgentes mortos". Os helicópteros americanos reforçaram o ataque, matando mais 20 supostos terroristas, segundo o comunicado. "O objetivo da missão era abrir o canal que controla a passagem de água para a cidade de Khalis e restabelecer o serviço essencial", afirma o comunicado. O comando acrescenta que três suspeitos foram detidos na operação. Também foram encontrados três armazéns de armas que continham uma grande quantidade de explosivos e projéteis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.