Oito pessoas morrem em atentado suicida no sul de Bagdá

Número de atentados com carro-bomba aumentou sensivelmente nos últimos dias do Ramadã

EFE

12 de outubro de 2007 | 04h44

Pelo menos oito pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas na quinta-feira à noite em um atentado suicida contra uma cafeteria repleta de gente perpetrado no sul de Bagdá, informaram fontes policiais. As fontes explicaram que o atentado aconteceu no bairro "Bagdad al-Yadid" enquanto as pessoas faziam os preparativos para celebrar a festa do "Eid ul-Fitr", que marca o fim do mês do jejum muçulmano. Os agentes acrescentaram que muitos dos feridos estão em estado grave e que a explosão causou numerosos danos, tanto na cafeteria como nos locais adjacentes. Além disso, vários veículos ficaram totalmente destroçados pela explosão. Nos últimos dias do mês do Ramadã aumentou notavelmente o número de atentados com carro-bomba em diferentes partes do Iraque.

Tudo o que sabemos sobre:
terrorismoBagdáatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.