Olmert e Abbas se reúnem após dois meses sem contatos

Encontro deve retomar conversas para acelerar tentativa de acordo de paz entre israelenses e palestinos

Associated Press e Efe,

07 de abril de 2008 | 10h20

O primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmud Abbas, voltaram a se reunir nesta segunda-feira, 7, em Jerusalém depois de quase dois meses sem nenhum encontro entre eles. Eles manifestaram a intenção de usar o encontro para recolocar nos trilhos o conturbado processo de paz.    Em seu primeiro encontro, os dois dirigentes "mostraram seu compromisso com o processo iniciado em novembro passado, em Annapolis (EUA), e se comprometeram a fazer todos os esforços para chegar a um acordo histórico antes do final do ano", disse o porta-voz de Olmert, Mark Regev.   As negociações têm sido atrapalhadas pelos persistentes disparos de foguetes rústicos por parte de rebeldes palestinos contra o sul de Israel e pela continuidade das atividades israelenses de assentamento judaico em terras reivindicadas pelos palestinos.   Os dois líderes não se reuniam desde 19 de fevereiro. No mês passado, Abbas chegou a suspender sua participação no processo de paz depois de uma ofensiva militar israelense contra Gaza ter provocado a morte de mais de 120 palestinos, dos quais civis compunham a maioria.   Os dois dirigentes falarão sobre o estado do processo lançado na cúpula de Annapolis (EUA) em novembro do ano passado, pelo qual ambos se comprometeram a alcançar um acordo de paz até o final do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
palestinosIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.