Oposição e governo sírio vão se reunir frente a frente no sábado

A oposição síria vai se reunir frente a frente com uma delegação do governo pela primeira vez no sábado de manhã, para uma conversa liderada pelo mediador internacional Lakhdar Brahimi, disse um delegado dos opositores nesta sexta-feira.

Reuters

24 de janeiro de 2014 | 16h30

A reunião será realizada no prédio da ONU em Genebra às 10h (7h no horário de Brasília), disse Anas al-Abdah, membro da delegação da oposição.

"Estamos satisfeitos com a declaração do sr. Brahimi hoje de que o regime tenha aceitado (o comunicado) Genebra 1. E nestas bases, vamos nos encontrar com a delegação de Assad amanhã de manhã. Será uma reunião rápida, em que apenas Brahimi irá falar, a ser seguida por outra reunião, uma reunião mais longa à tarde", disse à Reuters Anas al-Abdah, integrante da delegação oposicionista.

Brahimi afirmou nesta sexta-feira que os dois lados do conflito sírio concordaram em se reunir com base no comunicado de 2012, que prevê a criação de um governo de transição.

"Concordamos que amanhã vamos nos encontrar na mesma sala", disse Brahimi em entrevista coletiva depois de realizar reuniões separadas com as duas delegações.

"As discussões que tive com as duas partes foram encorajadoras", afirmou, acrescentando que as negociações terão como base o comunicado de junho de 2012 intermediado por potências mundiais.

"Acho que os dois lados entendem isso muito bem e aceitam isso", disse Brahimi.

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis, Tom Miles, John Irish e Mariam Karouny)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAOPOSICAOGOVERNOREUNIAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.