Oposição síria deve escolher premiê provisório na próxima semana

A Coalizão Nacional Síria, principal organização de oposição do país, irá se reunir em Istambul na próxima semana para eleger um primeiro-ministro provisório a fim de promover uma transição política caso o presidente Bashar al-Assad deixe o poder, afirmaram membros da coalizão nesta quinta-feira.

Reuters

07 de março de 2013 | 14h07

A decisão foi tomada após o ex-primeiro-ministro Riad Hijab, o desertor civil de mais alta nível desde o início da revolta e o principal candidato para o cargo, ter retirado a sua candidatura, disseram vários membros da coalizão à Reuters em Amã.

"Vamos nos encontrar nos dias 12 e 13 em Istambul neste mês. O campo de candidatos tem expandido desde que Hijab se retirou", contou um dos membros da coalizão. Ele acrescentou que a retirada do nome de Hijab contribuiu para o adiamento de uma reunião da coalizão que seria convocada no sábado.

Um comunicado divulgado pelo escritório de Hijab disse que ele tinha informado o presidente da coalizão, Moaz al-Khatib, após reunião no Cairo no mês passado que "lamentava não poder participar do governo provisório que a coalizão está trabalhando para formar".

As fontes disseram que o Conselho Nacional Sírio, um grande bloco em grande parte influenciado pela Irmandade Muçulmana, escolheu três candidatos para o cargo de primeiro-ministro.

Eles são Salem al-Muslet, uma figura tribal do nordeste da Síria, que trabalhou em institutos no Golfo; Osama al-Qadi, um economista educado nos EUA que lidera um grupo de trabalho da oposição que cria planos para a recuperação econômica em uma era pós-Assad; e o veterano ativista Burhan Ghalioun, respeitado professor da cidade de Homs e presidente anterior do Conselho Nacional Sírio.

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAOPOSICAOPREMIE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.