Otan e forças afegãs lançam ofensiva contra reduto do Taliban

Forças da Otan e do Afeganistão estão atacando redutos do Taliban ao redor da estratégica cidade de Kandahar, no sul do país, mas sem a ostentação militar da ofensiva que realizaram no começo deste ano em outra região.

REUTERS

27 de setembro de 2010 | 11h04

A chamada Operação "Golpe de Dragão" começou no sábado com ataques aéreos e incursões terrestres em áreas que constituem o centro de apoio ao Taliban no entorno de Kandahar, informou o Ministério da Defesa do Afeganistão e a Força Internacional para Assistência à Segurança (a Isaf, a força estrangeira liderada pela Otan).

Boa parte dessa região já vinha sendo alvo de duros combates por várias semanas como resultado da investida das tropas estrangeiras, que tentam retomar áreas nas mãos dos insurgentes ao mesmo tempo que o governo também leva adiante uma ofensiva para conquistar "corações e mentes".

O discreto anúncio da ofensiva -- depois de semanas de luta em várias das áreas visadas e após já ter de fato começado -- contrastou fortemente com a ostentação que cercou o início da operação em Marjah, na vizinha província de Helmand, no começo do ano.

O comparecimento muito baixo na eleição parlamentar de 18 de setembro parece ter deixado a impressão de sucesso limitado em Marjah.

Agora, tanto as forças afegãs como as da Otan parecem estar adotando uma posição mais cautelosa.

(Reportagem de Sayed Salahuddin e Tim Gaynor)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOOFENSIVAKANDAHAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.