Outro dirigente da Al-Qaeda no Iraque morre em operação de segurança

Ação acontece um dia depois que outros dois dirigentes da organização foram mortos

EFE

20 de abril de 2010 | 08h45

BAGDÁ - O porta-voz do comando militar de Bagdá, o general general Qassam Atta anunciou nesta terça-feira, 20, a morte de um dos líderes militares local da Al-Qaeda,  Ahmad al-Obeidi, em uma operação conjunta de segurança, com tropas americanas e iraquianas, lançada em Mosul, um dia depois de as autoridades informarem sobre a morte de dois principais dirigentes deste grupo no país, Abu Omar al-Baghdadi e Abu Ayyub al-Masri. 

 

Ahmad al-Obeidi era o responsável militar da Al-Qaeda nas províncias de Ninawa, Kirkuk e Salah ad-Din.

 

O comandante das forças dos Estados Unidos, o general Raymond Odierno afirmou que "a morte dos terroristas é um golpe importante à Al Qaeda no Iraque desde o início da insurgência".

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueAl-Qaedamilitantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.