Palestino morre e israelense é ferido gravemente em Nablus

Israel realiza incursão militar de Israel no campo de refugiados palestino de Ein Beit-Ilma

Efe,

18 de setembro de 2007 | 06h51

Um palestino morreu e um soldado israelense foi gravemente ferido nesta terça-feira, 18, em tiroteios durante uma incursão militar de Israel no campo de refugiados palestino de Ein Beit-Ilma, na cidade de Nablus, na Cisjordânia, informaram fontes da segurança palestina. As fontes identificaram a vítima palestina como Hamed Rida, de 23 anos. Mas não informaram se ele era ou não combatente de alguma milícia. O Exército não confirmou nem desmentiu que um de seus soldados tenha sido gravemente ferido na operação, que começou esta manhã e ainda não terminou. No entanto, admitiu que um militar sofreu ferimentos leves, atingido por disparos de milicianos. A incursão tem como objetivo a "busca de terroristas no campo", diz a nota. Um porta-voz do Exército israelense acrescentou que os soldados enfrentaram "tiroteios, coquetéis molotov e explosivos". As fontes da segurança palestina afirmaram que a operação desta manhã é muito superior às freqüentes nas madrugadas de Nablus.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelNablusEin Beit-Ilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.