Palestinos dizem que ataque de Israel deixou 2 mortos em Gaza

Segundo Hamas; mortos chegariam a 3; governo israelense, no entanto, nega atividade militar na área

11 de janeiro de 2010 | 21h06

Um ataque israelense com um míssel no norte da Faixa de Gaza nesta segunda-feira, 11, matou dois militantes armados do Hamas, segundo fontes de um hospital palestino.

 

Israel, contudo, negou qualquer atividade militar na zona nesta data."Não houuve ações de nossas forças na área", disse um porta-voz do Exército israelense .

 

O Hamas, facção radical palestina que governa Gaza, disse que três homens seus morreram na explosão perto do povoado de Beit Hanoun, e qualificou o ato como um ataque israelense.

 

Mas uma das fontes do hospital disse que um dos homens estava ferido em estado grave, e não morto.

 

Na quinta-feira, três palestinos morreram em uma série de ataques aéreos por parte de Israel em Gaza.

A violência tem aumentado ao longo da fronteira entre Israel e Gaza no último mês, o que pode complicar mais a diplomacia respaldada pelos Estados Unidos na região. Até então, a violência na região tinha sofrido uma pausa, após a guerra de três semanas do começo do ano passado lançada por Israel com o objetivo de frear o lançamento de foguetes a partir de Gaza, na qual morreram 1,4 mil palestinos e 13 israelenses.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelPalestinaataqueHamas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.