Palestinos pedem ação da ONU contra ataques israelenses

A Autoridade Palestina pediu na quarta-feira ao Conselho de Segurança da ONU que se posicione a respeito das "ações criminosas" da mais recente ofensiva israelense contra a Faixa de Gaza, e alertou para "mais um letal ciclo de violência e derramamento de sangue".

Reuters

14 de novembro de 2012 | 18h57

Em carta ao embaixador indiano Hardeep Singh Puri, presidente do Conselho de Segurança neste mês, o enviado palestino Ryiad Mansour disse que "é preciso passar uma mensagem direta a Israel para que cesse sua campanha militar contra o povo palestino sob sua ocupação, inclusive o cesse dos homicídios extrajudiciais".

Israel iniciou na quarta-feira uma grande ofensiva contra militantes palestinos, matando o comandante militar do grupo islâmico Hamas em um bombardeio, e ameaçando invadir Gaza. O Hamas, que governa o território, disse que isso "abriria os portões do inferno".

A delegação indiana na ONU não respondeu a consultas sobre a intenção de realizar uma sessão do Conselho sobre a situação em Gaza.

Diplomatas dizem que o Conselho teria dificuldade em alcançar um consenso a respeito do conflito entre israelenses e palestinos, já que os EUA usam seu poder de veto para poupar o aliado Israel.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDPALESTINAGAZAONU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.