Papai Noel palestino protesta contra barreira israelense

Manifestante entra em choque com soldados contra muro de segurança que é construído na Cisjordânia

Agência Estado e Associated Press,

19 de dezembro de 2008 | 11h26

 Um palestino vestido de Papai Noel entrou em choque com soldados israelenses durante um protesto realizado nesta sexta-feira, 19, nos arredores de Belém contra a barreira de segurança que vem sendo construída por Israel na Cisjordânia. Os soldados israelenses repeliram o manifestante fantasiado, mas ninguém ficou ferido no incidente. Cerca de 25 palestinos participaram do protesto. Foto: AP As manifestações contra a barreira são realizadas com freqüência. Diversos manifestantes empunhavam bandeiras palestinas e gritavam palavras de ordem na direção dos soldados. O palestino vestido de Papai Noel distribuiu doces para crianças na aldeia de Massara. Foto: AP Israel começou a construir uma barreira de centenas de quilômetros de extensão em 2002 sob a alegação de que o emaranhado de cercas, muros e trincheiras é necessário para impedir incursões de militantes radicais palestinos em seu território. Entretanto, a barreira de segurança invade em diversos pontos a Cisjordânia e deixa aldeias palestinas no "lado israelense" da barreira. Os palestinos denunciam a barreira como uma tentativa israelense de tomar territórios nos quais a Autoridade Nacional Palestina (ANP) pretende fundar um Estado independente e soberano, inviabilizando sua emancipação.

Tudo o que sabemos sobre:
PalestinosIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.