Para Bush, Irã é principal patrocinador do terrorismo mundial

Presidente dos EUA afirma que país financia o Hamas e a Jihad Islâmica e que dá armas aos talibãs e às milícias

Agências internacionais,

13 de janeiro de 2008 | 10h56

Em um discurso em Dubai, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, acusou neste domingo, 13, o Irã de ser o principal patrocinador do terrorismo no mundo e disse que fortalecerá suas relações militares com os países do Golfo Pérsico para isolar o país. Na capital dos Emirados Árabes Unidos, Bush afirmou ainda que o Governo de Teerã gasta "centenas de milhões de dólares" para financiar grupos terroristas como o Hamas e a Jihad Islâmica, e que dá armas aos talibãs e às milícias xiitas no Iraque.  No mesmo dia em que o presidente dos EUA acusou o Irã de financiar o terrorismo, o país do Oriente Médio concordou em esclarecer em um mês as questões pendentes sobre seu programa nuclear,  segundo informou a Agência Internacional de Energia Atômica neste domingo, resumindo os resultados das negociações feitas em Teerã. Em comunicado divulgado após o retorno do Irã do chefe da agência da ONU, Mohamed ElBaradei, as autoridades do órgão afirmaram que oficiais iranianos também deram informações sobre seus trabalhos para desenvolver uma centrífuga avançada que enriquece urânio de forma mais rápida.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãBush

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.