Paramilitares do Ira cercam casa de líder oposicionista

Paramilitares iranianos cercaram nesta terça-feira a casa de um dos líderes da oposição iraniana, o clérigo e ex-candidato presidencial Mehdi Karoubi, para impedi-lo de participar de uma "cerimônia religiosa", informou o site dele na internet.

REUTERS

31 de agosto de 2010 | 12h06

"Agora há ao redor da casa mais de 50 membros da Basij (uma unidade de voluntários ferozmente leais ao líder supremo, aiatolá Ali Khamenei) e policiais em trajes civis, que cobrem os rostos", disse o website Saham News.

Karoubi e um líder oposicionista aliado, Mirhossein Mousavi -- quarto e segundo colocados nas eleições presidenciais de 2009, respectivamente --, foram atacados em outras ocasiões por partidários do governo do presidente Mahmoud Ahmadinejad.

O site informou que os policiais chegaram na segunda-feira à noite, equipados com gás lacrimogêneo, bastões e algemas.

Karoubi havia dito que pretendia comparecer na próxima sexta-feira à manifestação pública do dia anual anti-Israel, conhecido no Irã como o Dia de Jerusalém, o que não poderá fazer se continuar impedido de deixar a casa.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAOPOSICAOPRISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.