Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Parlamento aprova lei para reabilitar ex-membros do Baath

Partido tinha como líder o ex-presidente do Iraque Saddam Hussein, mas foi extinto após invasão em 2003

EFE

12 de janeiro de 2008 | 15h13

O Parlamento iraquiano aprovou neste sábado, 12, uma lei que vai reabilitar os ex-membros do Partido Baath, do qual o ex-presidente Saddam Hussein era líder e que foi extinto após a invasão do país em março de 2003.   Fontes parlamentares disseram à Agência Efe que a nova lei, conhecida pelo nome de Interpelação e Justiça, foi aprovada por 143 dos 275 deputados que estavam presentes no Parlamento na hora da votação.   As fontes disseram ainda que a nova lei distinguirá os que foram militantes simples ou ocuparam cargos menores dos que ostentaram altos postos diretores na extinta legenda.   Assim, os que não tiverem cometido crimes contra o povo iraquiano poderão voltar a suas antigas ocupações governamentais, enquanto os antigos líderes do partido continuarão proibidos de desempenhar funções nas instituições estatais.   A aprovação da lei acontece após vários meses de polêmica e debate entre os diferentes blocos políticos da Câmara e permitirá que dezenas de milhares de ex-militantes do Baath normalizem suas atividades profissionais.   A Interpelação e Justiça substituirá o Órgão da Interpelação e a Justiça, criado durante a administração interina americano Iraque e cujo objetivo era erradicar o Baath para depurar as organizações governamentais da influência do partido.

Tudo o que sabemos sobre:
Baathparlamentoiraquiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.