Parlamento do Irã aprova lei de apoio a avanços nucleares

Segundo a agência pública de notícias "Irna", o projeto também obriga Teerã a investir em diferentes setores da tecnologia nuclear, entre eles o ciclo da produção de combustível

EFE

18 de julho de 2010 | 12h18

TEERÃ - O Parlamento do Irã aprovou neste domingo, 18, uma lei que apoia os avanços do país em tecnologia nuclear e pede ao Governo que busque a autossuficiência nessa matéria, como informa a agência pública de notícias "Irna".

 

Segundo a "Irna", o projeto também obriga Teerã a investir em diferentes setores da tecnologia nuclear, entre eles o ciclo da produção de combustível.

 

Com a lei, o Parlamento busca que o Irã resista ao que a agência de notícias chama de "gestos arrogantes dos países opressores", em uma referência às críticas que o programa nuclear iraniano recebe da comunidade internacional.

 

No segundo artigo do projeto, o Parlamento exige ao Governo que cumpra suas obrigações do Tratando de Não-Proliferação (TNP) nuclear.

 

O Irã foi alvo de várias sanções do Conselho de Segurança da ONU pela recusa em abandonar um programa nuclear de enriquecimento de urânio que a comunidade internacional teme que esteja destinado aproduzir armas atômicas.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãavanços nucleareslei aprovada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.