Parte do dinheiro do Banco Central líbio foi levado ao Níger, dizem rebeldes

Comboio com 5 veículos cruzou a fronteira entre os dois países na noite desta segunda

REUTERS

06 Setembro 2011 | 07h20

BENGHAZI - Um comboio líbio com dez veículos que cruzou na noite de segunda-feira, 5, a fronteira da Líbia com o Níger estava levando dinheiro de uma agência do banco central do país, disse nesta terça-feira um porta-voz do Conselho Nacional de Transição (CNT).

 

Veja também:

blog TWITTER: Siga nossos enviados

forum OPINE: Onde se esconde Kadafi?

especialESPECIAL: Quatro décadas de ditadura na Líbia

lista ARQUIVO: ‘Os líbios deveriam chorar’, dizia Kadafi

 

 

"Eles levaram dinheiro do banco central em Sirte", disse o porta-voz Abdel Hafiz Ghoga, referindo-se à terra-natal do ex-líder Muammar Gaddafi, que está foragido.

Anteriormente, uma autoridade do CNT havia declarado que um comboio de dez veículos levando ouro e dinheiro tinha cruzado a fronteira, citando como fonte pessoas da comunidade tuaregue que vivem no deserto do Saara, nos dois lados da fronteira.

"Tarde da noite, dez veículos levando ouro, euro e dólares cruzaram de Jufra (na Líbia) para o Níger com a ajuda de tuaregues da tribo do Níger", afirmou Fathi Baja, chefe dos comitês do CNT para assuntos políticos e internacionais, falando à Reuters por telefone.

Ele disse acreditar que o comboio consistia de seguidores de Gaddafi que estavam fugindo do país. Baja declarou que não podia confirmar uma informação, dada à Reuters por fontes militares do Níger e da França, de que cerca de 200 veículos do Exército líbio também haviam cruzado a fronteira para o Níger na noite de segunda-feira.

Mais conteúdo sobre:
LIBIA NIGER OURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.