Pelo menos 8 mil morreram em tentativa de derrubar Kadafi

Balanço foi divulgado pelo Conselho de Transição da Líbia e considera mortes a partir de fevereiro

Efe,

20 de março de 2011 | 18h30

ARGEL - O vice-presidente e porta-voz do Conselho de Transição da Líbia (CNT), Abdel Hafid Ghoga, declarou neste domingo à rede de televisão "Al Jazeera" que pelo menos 8 mil pessoas morreram na Líbia desde fevereiro na tentativa de derrubar o regime de Muammar Kadafi.

Tudo o que sabemos sobre:
LibiaguerramortesKadafi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.