Peres pede referendo em Israel para qualquer acordo de paz

O presidente de Israel, Shimon Peres,afirmou no domingo que qualquer acordo de paz com os palestinosdeve ser colocado em votação no Estado judeu, seja por meio deeleição ou referendo. Israel e Palestina reiniciaram negociações de paz emnovembro, após um intervalo de sete anos, durante umaconferência organizada pelos Estados Unidos, em Anápolis. As duas partes concordaram em tentar alcançar um acordosobre o Estado palestino antes do final do mandato dopresidente norte-americano, George W. Bush, no fim deste ano. "Eu proponho ou um referendo ou eleições, mas isso deve serno final das negociações", disse Peres à Reuters, duranteconferência anual de segurança em Israel, cuja abertura érealizada no Parlamento. Peres disse que o governo, assim com a oposição noparlamento israelense, precisam "reunir suas posições... paraque o povo possa decidir". O governo do primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert,enfrenta dura oposição para sua negociação de paz por parte demembros de direita do Parlamento. Um parceiro-chave para acoalizão deixou o governo de Olmert na semana passada emprotesto pela negociação. Perguntando se um referendo poderia potencialmenteenfraquecer Olmert, Peres disse: "Acho que ele (Olmert) veiocom um plano que pode fortalecê-lo em vez de fazer as coisasmais difíceis para ele." Israel nunca realizou um referendo, que exigiria mudançasnas leis básicas do país. (Reportagem de Dan Williams)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.