Polícia entra em choque com palestinos durante marcha de israelenses por 'Dia de Jerusalém'

Policiais israelenses entraram em confronto com dezenas de palestinos que protestavam neste domingo enquanto judeus nacionalistas comemoravam a captura de Jerusalém Oriental, em 1967, com uma marcha pela antiga cidade murada.

REUTERS

17 de maio de 2015 | 16h58

A polícia disse que dois policiais que faziam a proteção dos judeus durante a marcha ficaram feridos por pedras jogadas por palestinos, e seis palestinos foram detidos.

A Reuters Television gravou imagens de policiais, alguns usando bastões, retirando diversos homens palestinos do local pelos braços e pernas durante o confronto do lado de fora do Portão de Damasco, a entrada para a cidade antiga.

Segundo a polícia, mais de 30.000 israelenses participaram da marcha.

A polícia pediu aos comerciantes muçulmanos que fechassem suas lojas durante a marcha anual, chamada por Israel de Dia de Jerusalém, que marca o aniversário da captura de Jerusalém Oriental das mãos da Jordânia.

Posteriormente Israel anexou a área, que tornou parte de sua capital, em uma medida que não foi reconhecida internacionalmente. A guerra foi em junho, mas Israel marca o aniversário de acordo com o calendário lunar judaico.

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDJERUSALEMPOLICIAPALESTINOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.