Premiê israelense considera possíveis concessões à Síria

O primeiro-ministro israelense, EhudOlmert, anunciou na quarta-feira que as conversas com a Síriaforam "animadoras", mas avisou o seu povo que as negociaçõesserão difíceis e a paz pode implicar compromissos duros. "As negociações não serão fáceis... e podem durar bastantetempo e podem envolver, ao fim, concessões difíceis", disseOlmert em um discurso feito em Tel Aviv, transmitido ao vivo. Ele não especificou quais concessões seriam estas, masdescreveu-se como o último na linha de líderes israelenses queconsideram a exigência da Síria de retornar às colinas de Golã,tomadas por Israel em 1967. "Os três últimos premiês... se esforçaram neste quesito eestavam prontos para concessões amplas e dolorosas para chegarà paz com a Síria", disse Olmert.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.