Premiê ordena resposta rápida de Israel a disparo de foguete de Gaza, diz autoridade

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, determinou que o Exército de Israel responda a disparos de foguetes de Gaza realizados momentos antes do fim de uma trégua de três dias nesta quarta-feira, disse uma autoridade israelense.

REUTERS

13 de agosto de 2014 | 18h54

"Com a violação do cessar-fogo por parte do Hamas, o premiê e o ministro da Defesa ordenaram que o Exército israelense aja em resposta. A ordem foi emitida antes da meia-noite (horário local)", afirmou a jornalistas a autoridade, que pediu para não ser identificada.

O Hamas negou envolvimento em um dos dois incidentes de disparos de foguetes contra Israel pouco antes do término da trégua.

Israel não fez até agora nenhum comentário sobre um acordo anunciado no Cairo pelos palestinos, que afirmaram que foi acertado um cessar-fogo por mais cinco dias, até segunda-feira, na guerra que já dura um mês.

(Reportagem de Dan Williams)

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELPREMIERESPOSTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.