Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Premiê palestino Fayyad oferece renúncia, dizem fontes

O primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, apresentou na quarta-feira um pedido de renúncia ao presidente Mahmoud Abbas, depois de uma disputa entre os dois por causa de políticas públicas, disseram duas fontes à Reuters.

ALI SAWAFTA, Reuters

10 de abril de 2013 | 20h26

Abbas está na Jordânia e volta na quinta-feira à Cisjordânia. Não está claro se ele aceitará a renúncia de Fayyad, um economista formado nos Estados Unidos.

Uma porta-voz no gabinete de Fayyad não quis comentar as informações, surgidas após persistentes rumores de que Abbas desejaria demitir Fayyad.

Governos ocidentais dão sólido apoio a Fayyad desde sua nomeação, em 2007, por vê-lo como o arquiteto dos esforços para a construção de um Estado palestino. Sua saída pode complicar as relações desses governos com Abbas.

O premiê e o presidente há tempos têm relações tensas, e elas pioraram no mês passado, quando Fayyad, contrariando os desejos de Abbas, aceitou a demissão do ministro das Finanças.

Na semana passada, o partido Fatah, de Abbas, divulgou nota acusando Fayyad de adotar políticas "improvisadas e confusas em muitas questões financeiras e econômicas".

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDFAYYADDEMISSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.