Presidente do Irã pede apoio para unidade no Iraque

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, pediu a países da região nesta segunda-feira que trabalhem pela unidade no Iraque, que tem sido palco de semanas de protestos contra o primeiro-ministro xiita, Nuri al-Maliki, advertindo que qualquer distúrbio poderá afetar todo o Oriente Médio.

Reuters

04 de fevereiro de 2013 | 17h59

"Se um fogo irromper, queimará todo mundo", disse Ahmadinejad por meio de um intérprete durante entrevista à TV Al Mayadeen. "Disse com toda a honestidade, aqueles que estão interferindo estarão sujeitos a danos."

Um homem-bomba atacou uma milícia apoiada pelo governo no Iraque nesta segunda-feira, matando pelo menos 22 pessoas. Foi o sétimo ataque a bomba em um mês no Iraque.

(Reportagem de Mariam Karouny)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAAHMADINEJADIRAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.