Presidente iraniano deve visitar o Iraque em março

Ahmadinejad anuncia primeira viagem ao vizinho desde a guerra em 1980, que matou mais de 1 milhão

Agência Estado e Associated Press,

28 de janeiro de 2008 | 09h46

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, realizará uma viagem histórica ao Iraque em meados de março, informou nesta segunda-feira, 28, a mídia estatal.  Esta será a primeira visita de um líder iraniano ao Iraque na história recente. Os dois vizinhos lutaram uma devastadora guerra de oito anos na década de 1980 que deixou cerca de 1 milhão de mortos. Mas as relações entre os dois países têm melhorado desde que os Estados Unidos invadiram o Iraque em 2003 e derrubaram o ex-ditador Saddam Hussein, um inimigo mortal do Irã. "Se Deus quiser, a viagem de Ahmadinejad ao Iraque será realizada até o fim do ano iraniano em 19 de março", disse o ministro do Exterior do Irã, Manouchehr Mottaki, à agência oficial de notícias IRNA. A data exata da viagem será anunciada dias antes da partida. No começo do mês, autoridades iraquianas anunciaram que o presidente do Iraque, Jalal Talabani, um curdo que tem relações próximas com o regime islâmico do Irã, havia convidado Ahmadinejad a visitar o país. O Irã é majoritariamente xiita, e 60% da população do Iraque também é xiita, emergindo de décadas de marginalização sob o governo do sunita Saddam. Muitos dos agora destacados políticos xiitas do Iraque viveram exilados no Irã durante os 35 anos de regime do Partido Baath, de Saddam. Os governo dos Estados Unidos acusam o Irã de armar, treinar e financiar milícias xiitas no Iraque que já mataram centenas de soldados americanos. O Irã nega a acusação.

Tudo o que sabemos sobre:
Mahmoud AhmadinejadIrãIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.