Preso em casa, oposicionista iraniano adoece, diz site

O líder oposicionista iraniano Mehdi Karoubi, mantido desde fevereiro sob prisão domiciliar extraoficial, desenvolveu complicações respiratórias por ser privado de ar fresco, disse sua esposa na segunda-feira, segundo o site do político, chamado Sahamnews.

REUTERS

21 de novembro de 2011 | 18h45

"Faz tempo que ele está privado de ar fresco, e (consequentemente) foi acometido por um problema respiratório", disse Fatemeh Karoubi numa reunião com familiares de presos políticos, segundo o site.

Mehdi e Fatemeh Karoubi foram detidos quando ele convocou seus seguidores para uma manifestação em apoio às rebeliões da Primavera Árabe. Ela foi posteriormente liberada para fazer tratamento médico.

Numa carta enviada em setembro ao chefe do Judiciário iraniano, Sadeq Larijani, ela disse que a saúde do marido corria "grave perigo", e que os direitos básicos dele como prisioneiro haviam sido violados.

Mehdi Karoubi, um clérigo de 73 anos, concorreu contra o presidente Mahmoud Ahmadinejad na eleição de 2009.

Junto com o candidato reformista Mirhossein Mousavi, ele se tornou um dos líderes dos protestos que tomaram conta do Irã depois daquela eleição, apontada pela oposição como fraudulenta.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAOPOSICAOKAROUBI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.