Projéteis israelenses atingem hospital de Gaza e matam 4, dizem médicos

Um projétil disparado por um tanque israelense atingiu nesta segunda-feira o hospital de Al-Aqsa, no centro da Faixa de Gaza, matando quatro pessoas e ferindo 16, de acordo com o porta-voz do Ministério da Saúde, Ashraf Al-Qidra.

REUTERS

21 de julho de 2014 | 10h40

O porta-voz afirmou que o terceiro andar abrigava uma Unidade de Terapia Intensiva e salas de cirurgia. Outros projéteis caíram no entorno do hospital, acrescentou. Autoridades pediram ajuda à Cruz Vermelha para a remoção de pacientes.

Os militares israelenses não comentaram de imediato. No passado, o Exército israelense acusou militantes do grupo islâmico Hamas de dispararem foguetes de terrenos de áreas hospitalares em Gaza e depois buscarem refúgio nos prédios de hospitais.

(Reportagem de Nidal Almughrabi)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDISRAELHOSPITALGAZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.