Protestos contra massacre na Síria deixam dois mortos

AMÃ - Forças sírias mataram a tiros pelo menos dois homens neste domingo durante protestos de condenação ao massacre de pelo menos 109 civis na cidade de Houla, disseram oposicionistas.

REUTERS

27 Maio 2012 | 09h56

Os dois foram mortos em Yalda e Daraya, subúrbios de Damasco onde estão abrigados milhares de refugiados que fugiram da repressão militar na província central de Homs.

Ativistas disseram que forças leais ao presidente Bashar al-Asssad mataram na sexta-feira pelo menos 109 pessoas, na maioria mulheres e crianças, em um dos maiores massacres nos 14 meses do levante contra seu regime.

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis)

Mais conteúdo sobre:
SIRIA PROTESTOS MASSACRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.