Protestos marcam aniversário de 5 anos de muro na Cisjordânia

Dezenas de jovens palestinos queimaram um pedaço da estrutura e tropas israelenses reagiram com jatos d'água

AE-AP, Agencia Estado

19 de fevereiro de 2010 | 14h07

  Ativistas tentam derrubar muro na Cisjordânia em manifestação Foto: Nasser Ishtayeh/AP

 

BILIN, Cisjordânia - Centenas de palestinos, israelenses e ativistas estrangeiros se reuniram hoje para protestar no dia do aniversário de cinco anos da barreira construída por Israel na fronteira com a Cisjordânia.

Dezenas de jovens palestinos queimaram um pedaço da estrutura, perto da vila de Bilin, na Cisjordânia, durante a manifestação. Tropas israelenses continham os manifestantes com jatos d''água e gás lacrimogêneo.

A barreira isola Bilin de boa parte da região. Os moradores começaram a realizar protestos semanais há cinco anos e, nesta sexta-feira, comemoravam uma vitória.

As Forças Armadas israelenses começaram a mover a barreira de Bilin para mais perto de Israel nesta semana, para cumprir uma decisão de uma corte israelense de 2007. Com isso, Bilin receberá de volta parte de suas terras.

O primeiro-ministro da Autoridade Palestina, Salam Fayyad, afirmou que Bilin é um exemplo de desobediência civil que vale a pena copiar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.