Quatro civis e três soldados da OTAN morrem no Afeganistão

Seis estrangeiros e um afegão foram mortos em dois ataques separados no Afeganistão neste sábado, disseram autoridades locais e internacionais.

Reuters

06 de abril de 2013 | 12h45

Os seis estrangeiros, que incluem três soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), morreram um ataque de carro bomba em Qalat. O governador da província, Mohammad Ashraf Nasery, que viajava no comboio atingido, saiu ileso, mas um médico local foi morto, assim como três soldados norte-americanos e dois civis estrangeiros, de acordo com autoridades locais e da OTAN.

Os carros estavam a caminho de uma escola e estavam perto de um hospital e uma base da OTAN quando o carro-bomba explodiu.

Cinco afegãos, incluindo um estudante e dois repórteres, também ficaram feridos, disse uma autoridade local.

Em um ataque separado no leste do Afeganistão, um civil que trabalhara com o governo norte-americano foi morto durante um ataque de insurgentes.

(Por Isameil Sameem)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOCONFRONTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.