Rebeldes matam 30 atiradores de elite na Líbia, diz porta-voz

Rebeldes líbios mataram 30 atiradores de elite do governo na cidade de Misrata e navios de guerra e barcos que estavam no porto da cidade deixaram o local, disse um porta-voz dos rebeldes na quinta-feira.

REUTERS

24 de março de 2011 | 15h49

"Houve confrontos hoje (quinta-feira) e nossos combatentes conseguiram encontrar uma forma de alcançar os atiradores de elite e matar 30 deles", disse o porta-voz dos rebeldes Abdulbasset Abu Mzereiq por telefone.

"Eles também conseguiram tornar muito difícil a movimentação daqueles que restaram, porque eles foram aos prédios em que eles estão posicionados e explodiram as escadas, então eles não têm como sair agora."

Sobre o porto de Misrata, o porta-voz disse: "Os navios de guerra foram embora agora e as forças da coalizão informaram ao conselho (rebelde) que garantirão uma passagem segura para navios que estão vindo de Malta carregando ajuda".

(Reportagem de Mariam Karouny)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIAREBELDESMATAM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.