Rebeldes sírios adquirem mísseis terra-ar, diz TV NBC

Os rebeldes que tentam depor o presidente sírio, Bashar al-Assad, conseguiram pela primeira vez adquirir um pequeno suprimento de mísseis terra-ar, de acordo com uma reportagem da TV norte-americana NBC News.

Reuters

31 de julho de 2012 | 21h58

A emissora afirmou na noite desta terça-feira que o grupo rebelde Exército Sírio Livre obteve aproximadamente duas dezenas dessas armas, as quais foram entregues através da fronteira da Turquia, cujo governo islâmico moderado tem pedido com crescente veemência a saída de Assad do poder.

Há indicações de que o governo dos Estados Unidos, que disse se opor à concessão de armas aos rebeldes, não seria o responsável pela entrega dos mísseis.

Mas algumas fontes do governo norte-americano vêm dizendo há semanas que os governos árabes que tentam destituir Assad, incluindo a Arábia Saudita e o Catar, estavam pressionando pela entrega desses mísseis, que são sistemas de defesa aérea portátil.

Nos últimos dias, as operações aéreas do governo sírio contra os combatentes oposicionistas parecem ter se intensificado, especialmente na disputada cidade de Aleppo, o que tornou mais urgente a necessidade dos rebeldes obterem mísseis.

Não ficou claro que tipo de míssil portátil foi entregue aos rebeldes, e a NBC não deu detalhes. Esse tipo de armamento pode variar de peças bem primitivas até as altamente sofisticadas.

(Reportagem de Mark Hosenball e Tabassum Zakaria em Washington)

Mais conteúdo sobre:
SIRIAREBELDESMISSEIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.