Rebeldes sírios armam palestinos contra Assad

Rebeldes sírios disseram nesta quarta-feira que começaram a armar aliados palestinos para combater uma milícia pró-governo num bairro palestino de Damasco, algo que pode alimentar a cada vez mais intensa violência entre os palestinos.

Reuters

31 de outubro de 2012 | 18h59

Dois comandantes rebeldes disseram à Reuters que esperam que seus aliados palestinos combatam a Frente Popular para a Libertação da Palestina - Comando Geral (FPLP-CG), que domina o bairro de Yarnouk, antigo campo de refugiados hoje tomado por prédios de apartamentos e que é administrado pelos próprios palestinos.

"Temos armado os palestinos que estão dispostos a lutar ... Formamos a Liwa al Asifah (Brigada da Tempestade), composta apenas por combatentes palestinos", disse um comandante da brigada rebelde Suqour al Golan (Falcões do Golã).

Vivem na Síria meio milhão de refugiados palestinos, a maioria descendente dos que chegaram após a criação de Israel, em 1948. O governo do presidente sírio, Bashar al-Assad, apoia várias facções armadas palestinas, e os rebeldes acusam o líder da FPLP-CG, Ahmed Jibril, de colocar sua facção em defesa do regime sírio.

(Reportagem adicional de Oliver Holmes)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAPALESTINOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.