Rebeldes sírios tomam bases de fronteira com Iraque e Turquia

Rebeldes sírios assumiram o controle do principal posto de fronteira com o Iraque em Abu Kamal nesta quinta-feira, disseram ativistas da oposição, no mesmo dia em que opositores do presidente da Síria, Bashar al-Assad, invadiram duas passagens fronteiriças com a Turquia.

Reuters

19 de julho de 2012 | 18h42

O chefe do Observatório Sírio para Direitos Humanos, Rami Abdelrahman, disse que os rebeldes disseram-lhe que haviam enfrentado tropas do governo na manhã desta quinta-feira antes de tomarem o posto de controle na fronteira no leste do país, ao longo do rio Eufrates.

O Iraque, por sua vez, fechou o seu principal posto fronteiriço com a Síria e enviou tropas para a fronteira depois que rebeldes sírios tomaram a base de Abu Kamal, disse um prefeito local.

"O posto de Qaim, no lado oposto a Abu Kamal, está fechado e agora sob controle do Exército iraquiano", disse o prefeito de Qaim, Fahan Fitaihan. Tropas iraquianas também assumiram outra base próxima, disse.

Ele afirmou que o Exército Sírio Livre hasteou a sua bandeira no outro lado da fronteira.

Mais cedo, ativistas de oposição disseram que o posto de fronteira sírio com a cidade turca de Jarablus estava em mãos rebeldes após forças de Assad terem abandonado a cidade.

Um combatente sírio rebelde e um porta-voz da oposição também afirmaram que militantes assumiram o controle de prédios de imigração do lado sírio na froteira ao norte da Turquia, em Bab al-Hawa.

(Reportagem de Oliver Holmes e Raheem Salman)

Mais conteúdo sobre:
SIRIAREBELDESFRONTEIRAIRAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.