Regime sírio bombardeia cidade no norte do país

Ataques em Maaret al-Numan causaram a morte de quatro pessoas, diz entidade de Direitos Humanos

AE, Agência Estado

30 de outubro de 2012 | 10h17

Aviões de guerra do regime sírio lançaram três ataques nesta terça-feira, 30, numa cidade estratégica do norte do país numa tentativa de recapturar áreas recentemente conquistadas por grupos rebeldes, segundo relato de ativistas. O bombardeio ocorreu em Maaret al-Numan, que fica ao longo da estrada que liga Alepo à capital da Síria, Damasco.

A presença dos rebeldes em Maaret al-Numan prejudicou a capacidade do regime de enviar suprimentos e reforços a Alepo, onde as forças do regime de Bashar Assad estão envolvidos numa sangrenta luta pelo controle da segunda maior cidade do país. Tropas sírias vêm combatendo rebeldes em Alepo desde julho e os oposicionistas fizeram importantes avanços na última semana.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres, os ataques em Maaret al-Numan causaram a morte de quatro pessoas, incluindo três jovens garotas. Já o grupo ativista Comitês de Coordenação Local estima o número de mortes em 19. Discrepâncias no número de fatalidades são comuns por causa da restrição ao trabalho jornalístico e do caos que reina na Síria desde março do ano passado, quanto teve início o levante popular contra o governo.

Ativistas também relatam que ocorreram hoje combates entre tropas sírias e rebeldes num campo de refugiados palestinos em Damasco. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.