Resgatado corpo de refém alemão capturado pelo Tableban

O corpo foi descoberto na província de Wardak, onde dois alemães e cinco afegãos haviam sido seqüestrados

Associated Press,

22 Julho 2007 | 07h47

Moradores de um vilarejo afegão encontraram, neste domingo, 22, o corpo de um alemão que havia sido seqüestrado pela milícia Taleban, informa um chefe de polícia, ao mesmo tempo em que uma delegação de autoridades sul-coreanas chega ao país, para tratar do seqüestro de 23 reféns coreanos.   O corpo do alemão foi descoberto na província de Wardak, no sul do país, onde dois alemães e cinco afegãos haviam sido seqüestrados na quarta-feira, afirma o chefe provincial de polícia, Mohammad Hewas Mazlum.   Um homem que se declara porta-voz do Taleban havia dito, no sábado, que os dois alemães tinham sido mortos porque a Alemanha não se comprometera a retirar suas tropas do Afeganistão. Mas autoridades afegãs e alemãs dizem que fontes indicam que um dos reféns morreu de ataque cardíaco, e que o outro ainda vive.   Mazlum disse que a causa da morte do corpo encontrado ainda não foi determinada. A delegação coreana, de oito membros, pretende reunir-se com o presidente afegão, Hamid Karzai, e ministros do governo, disse um funcionários da embaixada da Coréia do Sul, Sidney Serena.

Mais conteúdo sobre:
afeganistãotaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.