Rice critica Israel por plano para casas em território ocupado

A secretária norte-americana deEstado, Condoleezza Rice, alertou na sexta-feira Israel de queos planos para a construção de 300 novas casas em territórioocupado ameaça o processo de paz com os palestinos. "Estamos num momento em que o objetivo é construir o máximode confiança com as partes, e isso não ajuda a construirconfiança", disse ela, numa rara crítica dos EUA a Israel. "Não deveria haver nada que possa prejulgar as negociaçõesdo status final", afirmou ela após reunião com a chanceler deIsrael, Tzipi Livni, durante um evento da Otan. "Isso é ainda mais importante agora que estamos às vésperasde começar as negociações. Deixei essa posição muito clara",acrescentou Rice em entrevista coletiva. Israel abriu licitação para a construção de 300 moradias emHar Homa, uma das várias comunidades residenciais criadas porIsrael em territórios conquistados na guerra de 1967. Os Estados Unidos temem que isso prejudique o processo depaz retomado em novembro pelos líderes israelense e palestinona conferência de Annapolis. As negociações propriamente ditasestão previstas para começar no dia 12. Um plano de paz norte-americano de 2003 previa o fim daampliação dos assentamentos judaicos. Mas Israel diz nãoconsiderar o local, chamado de Abu Ghneim pelos palestinos,como parte da Cisjordânia. (Reportagem de Sue Pleming e Mark John)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.