Rice diz que não se pode perder oportunidade para paz

Primeiro-ministro israelense pede que Estados Unidos mantenham o grupo Hamas "fora do jogo"

BBC BRASIL,

02 de agosto de 2007 | 07h50

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, disse nesta quarta-feira em visita a Israel que está na hora de "aproveitar a oportunidade" para a paz na região. "É a hora de aproveitar as oportunidades e é a hora de agir de maneira planejada e cuidadosa, para não perder oportunidades por falta de preparação", disse Rice, em uma entrevista conjunta com a ministra de Relações Exteriores de Israel, Tzipi Livni, em Jerusalém. Livni disse que Israel não quer perder a chance de "promover o diálogo" com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, e o governo palestino. Mas Livni sugeriu que o governo israelense ainda não está preparado para negociar algumas questões, como o status de Jerusalém. "Às vezes não é prudente colocar as questões mais delicadas primeiro", disse Livni. "Fora do jogo" Rice está em viagem pelo Oriente Médio ao lado do secretário de Defesa americano, Robert Gates.Em Israel, a secretária também se reuniu com o primeiro-ministro Ehud Olmert e com o presidente Shimon Peres.  No encontro, Olmert pediu que a secretária mantenha a facção palestina Hamas "fora do jogo" em todos os níveis de negociação, segundo o porta-voz do governo israelense, David Baker. Nesta quinta-feira, Rice chega à Cisjordânia, onde deverá se encontrar com Abbas e com o primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad. Está é a primeira visita de Rice à região desde que o Hamas derrotou o Fatah em um conflito pelo controle da Faixa de Gaza, em junho. Desde que o Hamas assumiu o controle de Gaza, os Estados Unidos e a Liga Árabe vêm tentando isolar o grupo militante oferecendo apoio ao governo de emergência de Abbas, que é líder do Fatah. Antes de chegar a Israel, Rice e Gates estiveram na Arábia Saudita. O governo saudita disse que apóia o plano americano de promover uma conferência regional de paz neste ano e que o país estaria disposto a participar da reunião. A conferência - cujo objetivo é trazer de volta à pauta regional o processo de paz - teria a participação de autoridades de Israel, da Palestina e dos Estados árabes considerados moderados pelos Estados Unidos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
Conferência da pazRice

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.