Rice se reúne com Abbas para salvar conferência de paz

Ela procura conseguir um documento base para retomar as negociações entre palestinos e israelenses

Efe,

15 de outubro de 2007 | 06h22

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, se reunirá nesta segunda-feira, 15, em Ramallah com o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, com o primeiro-ministro Salam Fayyad e com o chefe dos negociadores Ahmed Qorei. Rice procura conseguir um documento base para retomar as negociações de paz palestino-israelenses, estagnadas há sete anos, e apresentá-lo na conferência internacional convocada pelos EUA para novembro. No domingo, 14, ela se encontrou com o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, e o de Defesa, Ehud Barak. Aparentemente, para que a ANP e Israel consigam pactuar os termos desse documento é necessária a fixação da data da reunião em Annapolis (Maryland), convocada pelo presidente americano, George W. Bush, em julho. Fontes da Presidência na "Muqata" de Ramallah assinalaram que Abbas dirá a Rice que os palestinos querem que o documento se refira a "assuntos concretos", entre eles a criação de um Estado palestino independente junto ao de Israel. Olmert deseja pactuar uma "declaração conjunta", de conteúdo vago, sobre os pontos que as duas partes estão dispostas a negociar, o que aconteceria na reunião na Academia Naval de Annapolis. Um assessor de imprensa de Abbas destacou que o presidente da ANP também apresentará a Rice um protesto contra Israel pela desapropriação de terras palestinas no distrito de Jerusalém, para construir uma estrada, e as batidas e operações do Exército na Cisjordânia, onde suas barreiras de segurança obstruem o livre movimento da população do território ocupado. Rice também deve reunir-se esta tarde em Jerusalém com o ministro de Assuntos Estratégicos israelense, Avigdor Lieberman, um dos membros do governo de Olmert contrários à conferência internacional por considerar que ela prejudicará os interesses do Estado judeu. A secretária de Estado americana viajará nesta terça-feira ao Cairo para reunir-se com o presidente egípcio, Hosni Mubarak; na quarta-feira se encontrará com a ministra de Assuntos Exteriores de Israel, Tzipi Livni, chefe dos negociadores de seu país, e na quinta-feira conversará em Londres com o rei Abdullah II, da Jordânia.

Tudo o que sabemos sobre:
RiceAbbaspalestinosIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.