Sarkozy alerta Irã para risco de ataque israelense

O presidente da França, NicolasSarkozy, alertou na quinta-feira o Irã sobre o risco de umataque israelense caso a República Islâmica insista emdesenvolver armas nucleares. Teerã afirma que seu programa nuclear tem finalidadesexclusivamente civis, destinadas à geração de eletricidade. Os Estados Unidos e Israel, maiores inimigos do país nomundo, não descartam uma ação militar caso a diplomacia nãobaste para convencer Teerã a suspender seu programa deenriquecimento de urânio. "O Irã está assumindo um grande risco ao continuar oprocesso de obter uma capacidade nuclear militar", disseSarkozy numa reunião com os líderes de Síria, Turquia e Qatar,em Damasco. "Um dia, qualquer que seja o governo israelense, podemosdescobrir certa manhã que Israel atacou", acrescentou, numtrecho do encontro mostrado pela TV. "A questão não é se serialegítimo, se seria inteligente. O que vamos fazer nessemomento? Seria uma catástrofe. Devemos evitar tal catástrofe." As especulações sobre um bombardeio israelense contrainstalações nucleares do Irã cresceram desde que o Estado judeurealizou em junho manobras aéreas que supostamente simulariamtal ataque. (Reportagem adicional de Crispian Balmer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.