Seis mortos e 14 feridos em explosão de carro-bomba em Bagdá

Todas as vítimas fatais da explosão, ocorrida no bairro de Hai Al Shabb, no nordeste da cidade, são civis

EFE

06 de julho de 2008 | 06h51

Pelo menos seis pessoas morreram neste domingo e outras 14 ficaram feridas por causa da explosão de um carro-bomba no nordeste de Bagdá, segundo informaram fontes policiais. As fontes disseram que todas as vítimas fatais são civis, enquanto que entre os feridos há seis membros das forças de elite do Ministério do Interior conhecidas como "Maghawir" especializadas em operações especiais contra o terrorismo. O carro-bomba, que tinha sido estacionado em uma borda do bairro de Hai Al Shabb, explodiu pouco antes de meio dia (6h de Brasília) e causou também grandes danos materiais em comércios e prédios da região, acrescentaram as fontes. Em outro incidente em Bagdá, o comando militar americano anunciou neste domingo a morte de um de seus soldados em uma ação não bélica, segundo um comunicado. A nota não especificou a causa da morte do militar, embora tenha assegurado que uma investigação foi aberta. Trata-se da primeira morte que o comando militar americano no Iraque notifica oficialmente no mês de julho.

Tudo o que sabemos sobre:
BagdáIraqueEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.