Seis mortos encontrados em apartamento incendiado em Israel

Polícia investiga a causa e se os falecidos, quatro adultos e duas crianças, pertencem à mesma família

EFE

17 de outubro de 2009 | 06h54

Bombeiros e equipes de resgate encontraram os cadáveres de seis pessoas em um apartamento da cidade israelense de Rishon Lezion na manhã deste sábado, depois que um incêndio destruísse o imóvel, informam meios de comunicação locais.

 

A Polícia investiga a causa e se os falecidos, quatro adultos e duas crianças de pouca idade, pertencem à mesma família. Segundo as primeiras investigações, se suspeita que as mortes não foram pelo incêndio já que foram descobertos sinais de violência nos cadáveres.

 

Os bombeiros e a Polícia receberam a denúncia do incêndio e acudiram ao local, no centro dessa cidade que está ao sul de Tel Aviv. Quando os efetivos de emergências chegaram ao apartamento, encontraram a porta trancada e tiveram que arrombá-la para entrar no interior do imóvel.

 

Os corpos estavam em dois quartos, de onde foram retirados e declarados mortos pela equipe de resgate. O vice-diretor dos serviços de urgências na zona, Effi Bar, descreveu a cena como "dantesca". "Sempre quando há mortes é duro, mas não há lembrança um caso tão grande como este por aqui, com consequências tão trágicas", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELVIOLÊNCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.